Selecione uma das opções:

Balneário Piçarras e Univali planejam manejo do Parque Municipal e conservação do manancial

Assinatura do documento formalizou cooperação técnica durante mês em alusão ao Meio Ambiente.


18 de junho de 2021 por
Compartilhe:

A prefeitura de Balneário Piçarras assinou termo de cooperação técnica com a Universidade do Vale do Itajaí (Univali) para elaboração do plano de manejo do Parque Municipal e o projeto de recuperação e conservação do Rio Piçarras. O ato contou com a presença do Procurador Geral da Fundação Univali, professor Rodrigo de Carvalho, o curador e coordenador do Museu Oceanográfico, professor Jules Soto, o prefeito Tiago Baltt e a presidente do IMP, Rosemari Bona.

A partir da assinatura do documento, técnicos da Univali passarão a estudar a fauna existente no Rio Piçarras para catalogar a diversidade biológica e, a partir disso, promover sua recuperação e preservação. O trabalho de amostragem começa com a passagem do inverno, e deve levar um ano, principalmente porque existe uma grande diversidade da fauna em relação as estações. Serão analisados aspectos como salinidade da água e produção de nutrientes para as espécies.

O pesquisador Jules Soto frisou que as ações estão voltadas para conhecer a influência do mar para nos rios e vice-versa, considerando que o selo Bandeira Azul das praias está associado à balneabilidade vinculada aos rios. “A administração municipal teve a visão de que a academia tem um papel importante no trabalho de conservação”, destacou o pesquisador Jules Soto.

📰 LEIA TAMBÉM:

O procurador geral da Fundação Univali, professor Rodrigo de Carvalho, que representou o reitor da universidade, ressaltou a importância da parceria dentro da proposta da instituição de ensino superior. “A universidade entrega resultados para a comunidade por meio de projetos, programas e ações desenvolvidas pelo nosso corpo técnico e científico altamente qualificado. Essa parceria com a administração de Balneário Piçarras demonstra o nosso compromisso com a excelência do ensino e, também, com a prestação de serviços em todas as áreas do conhecimento”, destacou Carvalho.

A colaboração irá unir o conhecimento técnico da comunidade científica e a experiência dos pescadores artesanais, para compreender a dinâmica do Rio Piçarras e catalogar as espécies de peixes da região.

Confira o vídeo completo:

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Clique aqui e comente.x
× Participar ao vivo