Em parceria com o setor privado, municípios do Litoral Norte inauguram projeto de mobilidade urbana

A empresa espera disponibilizar mais de 100 bicicletas até o fim da temporada de verão

Evento contou com a presença dos Prefeitos de Barra Velha, Balneário Piçarras e Penha. Foto: Eloi Mendes/Rede Marazul.
Evento contou com a presença dos Prefeitos de Barra Velha, Balneário Piçarras e Penha. Foto: Eloi Mendes/Rede Marazul.

Os municípios de Barra Velha, Balneário Piçarras e Penha ganharam nesta quinta-feira, 30, um novo projeto de mobilidade urbana compartilhada. Até o fim da temporada de verão, a expectativa é que mais de 100 bicicletas elétricas estejam à disposição dos moradores. A iniciativa da Rôgga Empreendimentos tem como objetivo promover a saúde e a sustentabilidade, além de facilitar o deslocamento de curtas distâncias.

Para utilizar uma das bicicletas, é bem simples, basta instalar o aplicativo GoMoov em seu celular. Através dele, o popular irá localizar a bicicleta mais próxima e em seguida, fará o desbloqueio do equipamento. O valor cobrado será R$0,50 por minuto, com mínimo inicial de seis minutos (R$3,00).

De acordo com a Constituição Federal, a Lei da Mobilidade Urbana permite que empresas auxiliem as gestões municipais na tarefa de planejar e executar uma política de mobilidade urbana. Além disso, o modelo implementado nos municípios do Litoral é considerado referência e já é utilizado em outros lugares, como Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

“Para nós, o conceito de morar bem envolve qualidade de vida, o que está diretamente ligado à preocupação com o meio ambiente, geração de emprego, renda e mobilidade urbana. É por isso que decidimos investir em um projeto com essa pegada”, disse o Presidente da Rôgga, Vilson Buss.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui