Enfermeira é homenageada e recebe premio em Itajaí

Prêmio Simeão 2021 homenageia a enfermeira Maria Paulina Pereira da Silva

Prêmio Simeão 2021 homenageia a enfermeira Maria Paulina Pereira da Silva
Divulgação

O Município de Itajaí, em parceria com o Conselho Municipal de Desenvolvimento da Comunidade Negra (Conegi), realizou na noite desta quinta-feira (25), a cerimônia de entrega do Prêmio Simeão 2021, de valorização do negro na sociedade itajaiense.

A homenageada desta edição foi a enfermeira Maria Paulina Pereira da Silva. A premiação aconteceu no Museu Histórico de Itajaí.

A enfermeira Maria Paulina é graduada e pós-graduada em Saúde da Família e atuou no Instituto de Inclusão Social Isabel Costa, onde desenvolveu estudos e pesquisas sobre as condições da população negra de Itajaí, além de ter participado do Conselho Municipal de Desenvolvimento da Comunidade Negra de Itajaí (Conegi).

Servidora efetiva do Município, desenvolveu suas atividades em diversas unidades de saúde como coordenadora, enfermeira de Estratégia Saúde da Família (ESF) e enfermeira obstetra.

Envolvida nas discussões sobre políticas públicas de promoção da igualdade racial e cultural no Município, foi uma das organizadoras da Festa de Nossa Senhora do Rosário, que resgata a cultura negra e evidência a trajetória da população negra em Itajaí. Nos últimos anos desenvolveu um trabalho ímpar à frente da política de atenção à saúde da população negra.

O Prêmio Simeão foi instituído pela Lei nº 6.206/2012 e é conferido às personalidades que contribuíram para a valorização do negro na sociedade itajaiense, tornando-a mais democrática, igual e plural.

Simeão foi um escravo de Agostinho Alves Ramos, que construiu a primeira igreja na cidade de Itajaí, a Imaculada Conceição, em 1823. Uma escultura busto de Simeão representa a luta da comunidade afro-brasileira em Itajaí.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui